Uber anuncia apoio ao Lollapalooza com Mano Brown no volante
março 19, 2018
Wide chega a São Paulo
março 19, 2018

TJ-SP mantém liberação de filme Coelhinhos da Dolly

TJ-SP mantém liberação de filme Coelhinhos da Dolly

Empresa de Propaganda em Santos – O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a liminar do juiz Marcelo Augusto Oliveira, da 41ª Vara Cível de São Paulo, que permite que o comercial “Coelhinhos da Dolly” seja veiculado. A decisão foi proferida na última sexta-feira (16).

Serviços Online

Portifolio – O filme é especial para a Páscoa e tem sido veiculado desde 2007. Em maio do ano passado, a peça foi julgada pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária)  e rejeitada por ter narração infantil e pelas crianças não terem discernimento para testemunhar a favor de refrigerante.

Divulgação

Sites em Santos – No último dia 14, o Conar divulgou em seu site uma nota sobre o processo judicional, informando que “todas as ordens judiciais foram rigorosamente cumpridas, com a retirada do processo da pauta de julgamento solicitada pelo próprio anunciante e deferida pelo juiz e com o desimpedimento de exibição do anúncio. Como faz sempre que toma conhecimento de que processo trazido ao Conar chegou ao mesmo tempo à Justiça, suspendemos de imediato a tramitação da representação ética referente ao anúncio do refrigerante, em respeito à prevalência do Poder Judiciário e a fim de não provocar eventuais decisões conflitantes”.

Agência de Propaganda em Santos – Antes da decisão do TJ-SP, o Conar havia sido intimado pela 41ª Vara Cível de São Paulo, em setembro de 2017 e neste mês, a julgar a portas abertas a representação que questionava o comercial.

Anunciar na TVLeia mais

Agência em SantosConar vai julgar campanha da Nextel com Ruivo que provoca concorrentes
Conar vai julgar coaching em novela “O Outro Lado do Paraíso”

Rádio Corporativa
Rádio para clínicas

Fonte:

O post TJ-SP mantém liberação de filme Coelhinhos da Dolly apareceu primeiro em Lima & Santana Propaganda.

Os comentários estão encerrados.