RealFvr vai lançar modelo premium. Inclui ‘virtual coach’ e a remoção da publicidade – O Jornal Económico
fevereiro 13, 2020
Opinião: Moro demonstra desconhecer regras de publicidade infantil
fevereiro 14, 2020

Flexibilizao na publicidade infantil tema de consulta pblica – Coletiva.net

Agência de Propaganda em Santos


Publicidade infantil
Reproduo

Marketing de BuscaO Ministrio da Justia e Segurana Pblica (MJSP) abriu uma consulta pblica, que fica aberta at 27 de fevereiro, para avaliar a regulamentao proposta, pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), a respeito da publicidade direcionada ao pblico infantil na mdia. A sugesto feita pela entidade de que anncios sejam permitidos se preservarem “o direito ao desenvolvimento fsico, mental, moral, espiritual e social da criana, em condies de liberdade e de dignidade” e no dirigisse “diretamente apelo imperativo de consumo”. A proposio recebe crticas de entidades como o Instituto Alana, que atua com proteo de direitos das crianas, ACT Promoo da Sade e Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). 

Empresa de PropagandaO texto veta provocar discriminao, colocar crianas em situaes incompatvel com sua condio de “hipervulnerabilidade”, empregar crianas como modelos para vocalizar sugesto de consumo, usar formato jornalstico, afirmar caractersticas especficas encontradas em todos os produtos e exibir situaes geradoras de presso ou medo.

ClientesTambm ficaria proibida a prtica de merchandising voltada a crianas, obrigando que os anncios sejam veiculados apenas nos intervalos comerciais, e no dentro dos contedos. Outros pontos so que peas de refrigerantes no podem usar modelos “muito acima ou abaixo do peso normal”, crianas no poderiam ser atores ou figurantes em anncios de bebidas alcolicas, e mensagens publicitrias de remdios no poderiam induzir ao consumo por esse pblico. 

Rádio InternaA proposta ainda estabelece diretrizes como contribuir para relaes familiares positivas, respeitar dignidade e inexperincia, respeitar as caractersticas do pblico-alvo e evitar mensagens que promovam um comportamento “incompatvel com a convivncia civilizada em sociedade”.

Criação de Site em SantosEm nota, o Instituto Alana destaca que normas da legislao brasileira apontam a ilegalidade da publicidade infantil e que a iniciativa pode abrir espao para a sua permisso.

Serviços“Da forma como a proposta foi apresentada pela Senacon, abre-se brechas para que, em casos especficos, empresas possam direcionar publicidade s crianas – o que, hoje, totalmente proibido. Este tipo de ao se aproveita da hipervulnerabilidade do pblico infantil e de sua dificuldade em discernir o que entretenimento de mensagem publicitria para explorar comercialmente a criana. A publicidade infantil distorce valores, estimula a cultura do descarte, causa doenas com o incentivo ao consumo de produtos alimentcios no saudveis, entre outros malefcios”, afirma.

Empresa de PublicidadeO manifesto assinado por essas e mais 70 entidades afirma que “no h dvidas sobre as consequncias desastrosas da comunicao direta entre empresas e crianas por meio da publicidade”. “Atravessando a relao familiar e a autoridade de pais, mes e responsveis, algumas marcas se aproveitam da falta de maturidade do pblico infantil para apresentar, com uso de personagens, distribuio de brindes e outros recursos publicitrios, estmulos consumistas que usam as crianas como ferramenta de convencimento dos responsveis na compra de produtos.”

Fonte: http://www.coletiva.net/noticias/flexibilizacao-na-publicidade-infantil-e-tema-de-consulta-publica,349596.jhtml

O post Flexibilizao na publicidade infantil tema de consulta pblica – Coletiva.net apareceu primeiro em Lima & Santana Propaganda.

Os comentários estão encerrados.