Prudential investe R$ 1 milhão em 1ª campanha de seguro de vida no Brasil
junho 12, 2019
Dentista em Santos
junho 13, 2019

CEO do Facebook sabia de problemas de privacidade- Seu Dinheiro

Publicidade em Santos – Xi…

Armazém para locação em Santos – Depois da última assembleia de acionistas em que um número maior de minoritários pediu a saída de Mark Zuckerberg da presidência do conselho do Facebook, a situação dele pode piorar ainda mais agora. Segundo reportagem do jornal The Wall Street Journal publicada hoje (12), e-mails internos apresentados para reguladores do governo sugerem que CEO da companhia havia questionado algumas das políticas de privacidade da companhia.

Institucional – Apesar de os documentos não mostrarem com clareza que ele violou a política de privacidade dos usuários, o simples fato de que ele estava a par dos problemas pode ter um efeito negativo sobre a gestão da companhia, que já vem sendo colocada à prova pelos acionistas.

Entenda o caso

Bio – Os e-mails foram apresentados à Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês), como prova para a investigação que está sendo feita pela agência.

Serviços Promocionais – Na denúncia, a companhia é acusada de violar um acordo feito com a FTC em que a empresa se comprometeu a cuidar da privacidade dos dados de seus usuários. O termo foi fechado em 2012.

Rádio Corporativa – As alegações de uso indevido de dados de usuários do Facebook foram feitas após o escândalo da Cambridge Analytica ser revelado. A consultoria é acusada de ter sido contratada pela campanha do atual presidente Donald Trump em 2016.

Magia para empresa voltar lucrar – Na época, 87 milhões de usuários tiveram as informações acessadas pela Cambridge Analytica.

Rádio Interna – E se tais documentos forem incluídos no processo, ainda em andamento, o Facebook pode enfrentar multas e punições maiores do que o previsto. De acordo com os resultados financeiros deste ano, a empresa estimou que terá de pagar entre US$ 3 bilhões e US$ 5 bilhões à autoridade regulatória americana.

Reação do mercado

Serviços – Com a divulgação da notícia, as ações do Facebook (FB) terminaram o pregão de hoje (12), com queda de 1,72%, cotadas em US$ 175,04. No mês, os papéis tiveram desvalorização de 7,06%.

Montagem de stands – Já no acumulado do ano, as ações apresentam alta de 33,53%.

Bio
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Bio
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Fonte: https://www.seudinheiro.com/e-mails-mostram-que-ceo-do-facebook-sabia-dos-problemas-de-privacidade-da-rede/

O post CEO do Facebook sabia de problemas de privacidade- Seu Dinheiro apareceu primeiro em Lima & Santana Propaganda.

Os comentários estão encerrados.